Manutenção do site WordPress: mais de 13 tarefas obrigatórias em 2022

Atuallizado em 27/07/2022 às 23:58

Seu site está lento ou não está funcionando como estava quando você o lançou pela primeira vez?

Se sim, responda a próxima pergunta. A manutenção do site WordPress está na sua lista de tarefas prioritárias?

Se sua resposta for não, a razão por trás do mau desempenho do seu site não é nenhum mistério. A maioria dos proprietários de sites não percebe a importância da manutenção do site. Para que o WordPress tenha um bom desempenho consistente, ele precisa ser bem mantido.

Não sabe como fazer isso corretamente? Sem problemas. Eu listei as tarefas importantes de manutenção do site WordPress que você precisa seguir para que o desempenho do seu site nunca caia.

Continue lendo para descobrir detalhes sobre as listas de verificação e dicas de manutenção do WordPress.

Por que a manutenção do site WordPress é tão importante?

O WordPress é o sistema de gerenciamento de conteúdo mais popular, responsável por quase 42% do total de sites online. O WordPress é tão popular porque fornece serviços de alta qualidade.

O WordPress facilita o desenvolvimento da web para os usuários, mas você deve se lembrar que muito é necessário para construir esses sistemas fáceis de usar. Um site WordPress é uma combinação de temas, plugins, arquivos de mídia e conteúdo. Não apenas WordPress, você também precisa de hospedagem WordPress para executar com sucesso um site WordPress online.

Administrar um site WordPress é como administrar uma empresa e, como uma empresa, você precisa manter um site WordPress regularmente. A manutenção do WordPress é obrigatória para garantir que seu site funcione sem problemas. Alguns dos outros benefícios da manutenção do site WordPress incluem:

  • Melhor segurança do site: ter seu site invadido é provavelmente a pior coisa que pode acontecer. No entanto, você pode garantir a segurança do seu site evitando hackers.
  • Taxa de conversão aprimorada: sites mal mantidos carregam lentamente e ninguém tem tempo a perder em um site de carregamento lento. Portanto, se a taxa de conversão do seu site for baixa, a manutenção poderá corrigi-la em grande parte.
  • Otimização do mecanismo de pesquisa: Se você deseja que seu site seja classificado nas páginas de resultados do mecanismo de pesquisa, deve manter seu site. Os motores de busca não classificam sites desatualizados mal conservados.
  • Expanda seus negócios: um negócio online com um site não é uma coisa única, mas um compromisso de longo prazo. Não manter seu site pode prejudicar seu negócio. Portanto, se você deseja que seu negócio continue crescendo, a manutenção do site é uma obrigação.
  • Meça o desempenho do site: com a manutenção regular do site, você pode ter uma ideia do desempenho do seu site. Dessa forma, você pode fazer planos para melhorar o desempenho do seu site.

Agora você sabe como a manutenção do site é parte integrante da sua jornada de negócios online. Vamos passar para as coisas que você precisa fazer para manter seu site WordPress.

Lista de verificação de manutenção do site WordPress: 13 pontos que você deve seguir

1. Faça backup regularmente do seu site

O backup regular é uma das principais tarefas da lista de verificação de manutenção do site. Com os backups do WordPress, você está preparado para lidar com qualquer incidente ruim, como hackers. Se você tiver backups, poderá restaurar a versão anterior a qualquer momento para obter um site com bom funcionamento.

Você precisa fazer backup de seu site completo, que inclui os arquivos principais e o banco de dados. Você pode fazer backups diários ou semanais. Mas verifique de vez em quando se o sistema de backup está funcionando corretamente ou não.

2. Atualizar Software

Você sempre precisa ficar de olho se seu CMS, temas e plugins do WordPress são atualizados regularmente. É sempre bom usar os recursos mais atualizados do seu tema e plugin. Normalmente, o tema e o plugin do WordPress se atualizam com um sistema de segurança melhor. Portanto, atualizar seu software também garantirá que seu site tenha melhor segurança.

3. Teste todos os seus formulários do WordPress

Os formulários do site são o meio pelo qual seus clientes se comunicam com você e enviam consultas relacionadas ao seu serviço/produto. Ter um formulário que não funciona fará com que você perca clientes, pois eles não podem entrar em contato com você devido a um formulário que não funciona.

Verifique todos os formulários do seu site para garantir que eles estejam funcionando corretamente todas as semanas. Às vezes, pode haver um problema com sua hospedagem WordPress ou provedor de e-mail que pode fazer com que o formulário pare de funcionar. Portanto, verifique também as configurações do seu provedor de hospedagem e e-mail se algum formulário não estiver funcionando.

4. Otimize o banco de dados do WordPress

Bancos de dados WordPress com o tempo podem acabar armazenando uma boa quantidade de dados redundantes. É por isso que é importante otimizar seu banco de dados após um intervalo regular. Esses dados desnecessários aumentarão o tamanho do seu site e poderão deixá-lo mais lento. Otimizar seu banco de dados melhorará o desempenho do seu site. Lembre-se de remover todos os arquivos de mídia, arquivos de tema e plugins que você não usa.

Confira também!

5. Execute testes de desempenho

Você deve executar testes de desempenho regularmente. A maioria das pessoas comete o erro de executar um teste de desempenho apenas no início e nunca mais. Com o tempo, você adiciona novo conteúdo ao seu site, atualiza o software e todas essas ações afetam o desempenho do seu site. Portanto, certifique-se de executar um teste de desempenho em seu site WordPress todos os meses. Os resultados do teste de desempenho fornecerão a direção certa que você deve seguir para melhorar o desempenho do seu site.

Observação: certifique-se de usar a ferramenta de teste de velocidade do Google para descobrir o tempo de carregamento do site em todos os dispositivos.

6. Alterar todas as senhas

Eu sei, mudar senhas parece bobagem. Mas uma senha fraca é um dos motivos mais comuns para ser hackeado. Portanto, para proteger seu site contra phishing e ataques de força bruta, os especialistas em WordPress recomendam alterar as senhas regularmente.

As senhas são sua primeira camada de proteção contra acesso não autorizado, portanto, crie senhas fortes . Não apenas a senha de administrador do WordPress, você deve alterar regularmente as contas FTP ou SSH e a senha do banco de dados do WordPress também. Sempre crie senhas longas e aleatórias.

7. Encontre e corrija os erros 404

O erro 404 é um código de status HTTP (Hypertext Transfer Protocol) que indica que alguém tentou acessar a página do seu site, mas o servidor não conseguiu encontrá-lo. Embora esse erro possa surgir quando alguém digita incorretamente a localização do seu site, às vezes as páginas importantes também podem ficar indisponíveis por problemas técnicos.

Portanto, descubra se o seu site atualmente possui algum erro 404 e redirecione-o para o lugar certo. Essa etapa é importante porque os erros 404 podem resultar em uma experiência ruim para o usuário.

8. Encontre e corrija links quebrados

Adicionar links externos ao conteúdo do seu blog é ótimo para SEO. Mas você precisa verificar se esses links externos estão funcionando ou não. Às vezes, pode-se descobrir que alguns dos links externos não existem mais.

Não apenas links externos quebrados. Às vezes, seus links internos também podem parar de funcionar devido a erros ortográficos acidentais de URL ou alteração de URL. Portanto, lembre-se de verificar se há links quebrados em seu site, tanto externos quanto internos, e corrigi-los.

9. Auditoria de SEO

A auditoria de SEO é um dos pontos mais cruciais da manutenção do site. Você deve sempre verificar o desempenho da campanha de SEO do seu site. Usando o Google Analytics e o console de pesquisa do Google , você pode verificar o desempenho do seu site em relação ao uso do navegador, dados demográficos, tempos de carregamento, taxa de rejeição, páginas mais visualizadas, visualizações únicas, tempo médio gasto em cada página etc.

Todas essas informações valiosas lhe darão uma visão melhor do desempenho do seu site. Como resultado, você pode tomar uma decisão como atualizações de conteúdo futuras com base em dados confiáveis.

10. Otimização de Imagem

A imagem, se não otimizada, pode fazer com que suas páginas carreguem muito lentamente. Nunca se deve pular a etapa de otimizar suas imagens. Se você tiver vários autores em seu site, às vezes algumas imagens podem ser carregadas sem serem otimizadas. Portanto, certifique-se de verificar todas as suas imagens enviadas e compactar as imagens que não estão otimizadas.

11. Revise os logs de segurança do WordPress

Revisar os logs de segurança do WordPress é outra maneira de garantir que seu site esteja funcionando bem. Especialmente se você administra um site com vários autores. Se algo der errado, você pode verificar o log de atividades do WordPress para descobrir quais ações recentes causaram o problema. Depois de saber a causa do problema, você pode corrigi-lo facilmente.

Não necessariamente você só deve verificar os logs de revisão depois que algo deu errado. Você deve fazer uma verificação de segurança para encontrar qualquer atividade incomum que possa prejudicar o desempenho do seu site e corrigi-la.

12. Solucionar problemas de tarefas de manutenção

Embora as tarefas de manutenção do site sejam feitas para melhorar o desempenho do seu site, algumas tarefas, como otimizar imagens usando qualquer plug-in do WordPress, podem deixar seu site temporariamente lento. A melhor prática é realizar esses tipos de tarefas em um site de teste.

Se você não puder pagar por um site de teste, poderá colocar seu site no modo de manutenção enquanto realiza tarefas de manutenção de solução de problemas para evitar a velocidade lenta. Mesmo se você costuma fazer suas tarefas no modo de manutenção do WordPress, certifique-se de escolher um período de tempo em que seu site historicamente recebe menos visitantes.

13. Verifique se a hospedagem do WordPress precisa de atualização

Com o tempo e a atividade, como atualizações regulares de blogs e uploads de vídeos, o tamanho do seu site aumenta. Não apenas o espaço, a velocidade do seu site também depende da sua hospedagem WordPress.

Portanto, uma vez por ano, você deve verificar se precisa atualizar seu plano de hospedagem ou alterar seu provedor de hospedagem. Se atualizar o plano de hospedagem aumenta a velocidade do seu site, faça isso ou apenas mude sua empresa de hospedagem.

Dicas de manutenção do site WordPress: Bônus

Até agora falei sobre todos os pontos técnicos que você precisa seguir para manter seu site. Mas há mais algumas tarefas que você pode adicionar à sua lista regular de tarefas de manutenção do site WordPress.

Verifique os comentários diariamente e responda

Você deve verificar a seção de comentários de seus blogs diariamente e responder. Obter comentários em seu blog é um bom sinal que indica que os leitores acharam seu blog atraente. E o Google vê isso como uma qualidade que pode ajudá-lo a se classificar melhor na página SERP (página de resultados do mecanismo de pesquisa). Sempre dê respostas relevantes aos comentários.

Excluir comentários de spam

Enquanto comentários positivos são bons para SEO, comentários de spam fazem o oposto. Ter comentários ruins em seus blogs prejudica a credibilidade do seu site. Além disso, links e comentários ruins podem fazer com que os clientes percam a confiança em seu site. Portanto, nunca aprove comentários de spam e exclua-os regularmente.

Você deve excluir comentários de spam?

Sim. Comentários de spam não são apenas ruins para SEO, mas também podem prejudicar a credibilidade do seu site. Portanto, sempre exclua comentários de spam. Você também pode bloquear os spammers.

Como saber se os comentários do seu blog são spam

Alguns dos sinais comuns de comentários de spam no blog incluem:

  • Você descobrirá que o nome do comentarista é estranho ou falso
  • Na maioria dos casos, o e-mail não parece legítimo ou profissional
  • O comentário contém palavrões ou link estranho
  • O URL do site parece estranho ou ruim
  • Comentários muito genéricos que podem ser postados em qualquer blog, não apenas no seu

Conclusão

Espero que tenha achado este conteúdo útil. Talvez você já esteja fazendo algumas das tarefas incluídas na lista de verificação de manutenção do WordPress no blog, mas certifique-se de seguir todas elas. Lembre-se de comprometer a manutenção do seu site pode prejudicar diretamente o desempenho do seu site.

Você pode contratar um serviço profissional de manutenção do WordPress ou fazer você mesmo. Mas sempre certifique-se de que a manutenção do site WordPress está sempre na sua lista de prioridades.

Para saber mais sobre o gerenciamento de sites WordPress, siga-nos em nossos canais de mídia social.

Cadastre-se para receber nossos conteúdos!