Ajustes e Correções em sites WordPress

A otimizar.me possui uma equipe de especialistas pronta para resolver qualquer problema em WordPress!

Ajustes frequentes no WordPress

Nossa equipe especializada está preparada para realizar ajustes e correções no WordPress

Erros 400

Os erros marcados com um número entre 400 e 499 são erros de clientes HTTP.

Erros 500

Erros entre 500 e 599 é uma indicação de que seu servidor é incapaz de realizar um determinado pedido

Erros de Servidor

Seu servidor é responsável por armazenar todos os arquivos do seu site e se comunicar com os navegadores.

Erros de Segurança

Cyberattacks podem causar sérios danos que requerem muito dinheiro para serem consertados.

Erros de Mídia

Na maioria das vezes se refere a arquivos de imagem, também inclui vídeo e áudio.

Erros no Banco de Dados

Sua instalação do WordPress é composta de duas partes-chave: seus arquivos e seu banco de dados.

Erros PHP

PHP é a linguagem principal do WordPress. Problemas relacionados a linguagem é comum no WordPress

Erros de Arquivos WordPress

Artigos, Páginaa, plugins e temas, sua instalação do WordPress contém centenas se não milhares de arquivos.

Erros do Navegador

Os visitantes acessam seu site usando navegadores de sua escolha. Podendo apresentar erros.

Conte com a otimizar.me para efetuar ajustes no seu WordPress, evitando problemas mais complexos. Também temos pacotes de serviços de suporte Mensal para sua loja online, website ou blog WordPress.

Leandro Lopes

CTO & Founder of otimizar.me

Perguntas Frequentes sobre Erros e Ajustes no WordPress

Existem vários problemas comuns que podem ocorrer no WordPress, incluindo:

 

  1. Atualizações de plugins e temas quebrados: às vezes, as atualizações de plugins e temas podem quebrar o site, causando erros ou alterando o comportamento do site de maneira inesperada.

  2. Problemas de compatibilidade: os plugins e temas podem ter problemas de compatibilidade com outros plugins ou temas, o que pode causar problemas no site.

  3. Problemas de segurança: o WordPress pode ser vulnerável a ataques de hackers e malware se não for mantido atualizado e protegido adequadamente.

  4. Erros de banco de dados: o WordPress depende de um banco de dados para armazenar dados, como postagens e comentários. Os erros de banco de dados podem ocorrer devido a problemas com o banco de dados ou ao uso de código incorreto.

  5. Problemas de desempenho: o WordPress pode ficar lento se houver muitos plugins instalados ou se o site estiver recebendo muito tráfego.

 

Esses são apenas alguns exemplos de problemas comuns no WordPress. Contratar um serviço de suporte WordPress pode ajudar a garantir que esses problemas sejam identificados e resolvidos rapidamente para manter o site funcionando corretamente.

A resposta de 400 Bad Request é um “catch-all” para quando o seu servidor experimentar um erro do cliente, mas não se enquadra em uma categoria específica. Isso significa que este erro tem várias causas possíveis, incluindo:

  • Um URL incorretamente digitado ou que contenha caracteres não permitidos.
  • Caches ou cookies corrompidos do navegador.
  • Discrepâncias entre os dados do Sistema de Nomes de Domínio (DNS) e seu cache DNS local.
  • Tentando carregar um arquivo que é muito grande.
  • Algum tipo de erro geral do servidor.

As soluções potenciais incluem verificar a URL para erros de digitação, limpar o cache do seu navegador e cookies, limpar seu cache DNS e desativar as extensões do navegador.

Há muitas medidas em vigor para manter seu site WordPress seguro, incluindo vários níveis de ‘permissões’. Embora este recurso possa impedir que pessoas que não deveriam ter acesso ao seu site ganhem acesso, às vezes pode causar problemas se as permissões não forem definidas corretamente.

Se um usuário tentar acessar um determinado recurso muitas vezes durante um curto período, ele pode receber um erro 429 Too Many Requests. Esta é a maneira do seu servidor bloquear um comportamento suspeito.

Para ajudar a evitar ciberataques em sua página de login que podem levar a um erro 429, você pode alterar sua URL padrão. Outras soluções incluem testes para conflitos de temas e plugins.

Qualquer erro em seu site, que esteja identificado com um número entre 500 e 599 é uma indicação de que seu servidor é incapaz de realizar um determinado pedido por alguma razão. Aqui estão alguns dos exemplos mais comuns.

Seu provedor de hospedagem aloca uma certa quantidade de memória do servidor ao seu site. Caso você atinja o limite de memória do seu servidor, você pode ter problemas na instalação de um novo plugin ou tema, ou no upload de arquivos de mídia para o seu site.

Ao invés de adicionar com sucesso seu novo recurso, você verá uma mensagem que lê: “erro fatal: o tamanho permitido da memória foi esgotado”. Se isso acontecer, você pode tentar aumentar seu limite de memória PHP editando seu arquivo wp-config.php.

Em uma nota semelhante, seu provedor de hospedagem também estabelece um limite para o tamanho máximo de arquivos individuais que você pode enviar para o seu servidor. Você pode ver este limite navegando para Mídia > Adicionar novo no seu painel do WordPress e procurando pelo tamanho máximo do arquivo de upload (o tamanho padrão de upload na Kinsta é 128 MB):

Os servidores têm limites de tempo de execução dos scripts (geralmente 30 segundos, o tempo máximo de execução padrão é de 300 segundos). No caso de um script PHP no seu site WordPress pode levar mais tempo do que o limite de tempo alocado, você provavelmente verá a mensagem: “Fatal Error: Maximum Execution Time Exceeded”.

Embora este seja um erro 500 como os descritos na seção anterior, é específico do Cloudflare. Esta plataforma popular é usada como um CDN, e para proteção contra DDoS e outros ataques.

Além de lhe negar acesso a certas áreas do seu site, como no caso do erro “Sorry, you are not allowed to access this page”, permissões de arquivo incorretas, podem impedr de:

  • Atualizar ou instalar plugins e temas.
  • Publicar ou atualizar de artigos e páginas.
  • Carregar de imagens.

Por outro lado, se suas permissões de arquivo não forem muito fortes, você deixa seu site vulnerável e corre o risco de hackers ganharem acesso aos seus arquivos. Lá eles podem apagar conteúdo, roubar dados ou adicionar seu próprio código malicioso.

Se você estiver encontrando um dos problemas acima, ou suspeitar que você foi hackeado, você pode querer verificar suas permissões de arquivo via SFTP:

Quando você adicionar um certificado SSL ao seu site WordPress, ele começará a executar HTTPS ao invés do HTTP. Caso seu site esteja tentando carregar simultaneamente conteúdo HTTPS e HTTP ou scripts, você verá um Mixed Content Warnings.

Isto será provavelmente lido como alguma variação de: “This site is not fully secure”. A fim de resolver o erro, você precisará seguir alguns passos para determinar quais recursos HTTP estão carregando e removê-los ou substituí-los por recursos HTTPS.

Ao tentar enviar um arquivo para a Biblioteca de Mídia do WordPress, você pode ter encontrado um ‘erro HTTP’. Isso geralmente aparece como uma pequena caixa popup no lado direito do uploader da imagem.

Existem algumas causas possíveis para este problema, incluindo uma sessão de login expirada, caracteres não permitidos no nome do arquivo, permissão errada e problemas no lado do servidor.

Primeiro, comece por refrescar a página. Se isso não funcionar, tente redimensionar ou renomear seu arquivo de mídia. Caso não tiver sorte, você deve então verificar suas permissões ou desativar temporariamente seus plugins e tema. Se ainda não conseguir completar seu upload, você pode querer contatar seu provedor de hospedagem.

Conteúdos relacionado a WordPress

Como aumentar as visualizações de página e reduzir a taxa de rejeição no WordPress

Quando você direciona tráfego para seu site, você precisa mantê-los engajados. Se

Como aumentar o limite de memória do WordPress

Você está recebendo um erro do WordPress que diz “Tamanho de memória

O que é WordPress Headless: tudo que precisa saber

O que é o WordPress Headless? Não tem cabeça? Como é diferente