Segurança no WodPress

Atuallizado em 11/08/2022 às 22:58

Muitas vezes falamos sobre a construção de sites WordPress e fornecemos dicas valiosas em relação ao design, desenvolvimento, layout e conteúdo. Mas com que frequência falamos sobre a segurança de um site WordPress ?

Raramente discutimos a segurança do WordPress, mas a segurança do seu site é altamente importante para que você não arrisque seus dados valiosos. Então, as dicas de segurança do WordPress são importantes, certo?

Imagine que você construiu um site colocando toda a sua energia e esforço nele. Você se esforçou para escolher um design lindo e criar conteúdo impecável. Mas se você não puder garantir a segurança dos dados do seu site, todos os seus esforços serão em vão. Atualmente, os hackers estão ativos online para roubar suas informações privadas.

Portanto, você deve estar bem informado sobre os detalhes e os aspectos técnicos do seu site WordPress. Junto com isso, você também precisa saber como bloquear seu site com segurança infalível.

Neste artigo, vou detalhar as dicas de segurança no WordPress para você protegê-lo das mãos de hackers.

Mas antes disso, deixe-me esclarecer o motivo pelo qual você precisa proteger seu site WordPress. Isso ocorre porque somente se você estiver convencido sobre a utilidade do WordPress, ficará curioso para executar as dicas de bloqueio em seu site WordPress.

Por que você precisa proteger seu site WordPress?

Mesmo que eu não explique as razões pelas quais você deve proteger seu site WordPress, você pode entender a necessidade disso facilmente. Mas ainda para sua melhor compreensão, deixe-me listar alguns motivos para a importância de proteger um site WordPress.

Proteção de Dados e Reputação

Seu site contém dezenas de dados e informações sobre sua empresa e clientes. Hackers e invasores sempre caçam brechas para roubar suas informações valiosas. Se você for vítima de suas armadilhas, acabará incorrendo em violações de segurança.

As violações de segurança podem incluir vazamentos de informações públicas confidenciais, roubo de identidade, ataque de ransomware, ataque DDOS , falha do servidor, etc. Portanto, para evitar essas vulnerabilidades, você deve proteger seu site WordPress.

Obtendo apreciação do Google

Um dos fatores que ajudam a melhorar a classificação de pesquisa no Google é a segurança de um site. Escusado será dizer que existem vários outros fatores que se combinam para classificar um determinado site. Quando seu site fornece acesso seguro a visitantes e usuários, não apenas ele cria a confiança deles em você, até o Google o classifica bem.

O Google prioriza seu site, pois você protege os dados valiosos de seus visitantes e usuários e demonstra um maior compromisso.

Antecipação Natural de seus Visitantes

Seus visitantes e clientes sempre esperam que você proteja suas informações pessoais. Não importa se está relacionado a informações de contato, informações de pagamento ou até mesmo a resposta de seus clientes a uma pesquisa, é seu trabalho garantir a segurança dos dados.

A falha em proteger os dados não apenas resultará em uma violação de segurança, mas também causará perda de credibilidade de seus valiosos clientes. Isso é algo que você não quer, então você deve enfatizar a segurança do WordPress para ganhar a credibilidade de seus usuários, além de manter sua boa vontade.

Dicas e truques de segurança do WordPress

Agora, vamos dar uma olhada nas dicas e truques de segurança do WordPress que reuni para você proteger seu site WordPress.

Torne o procedimento de login do seu site WordPress seguro:

Várias técnicas que você pode empregar para proteger os procedimentos de login do seu site. Mas o que mais importa para impedir um ataque malicioso é proteger seus procedimentos de login.

Em primeiro lugar, não hesite em definir uma senha forte para fazer login em seu site. O tempo está voando, mas muitas pessoas ainda preferem ficar desatualizadas e definir senhas previsíveis como “123456” ou “abcdef”. Isso não é nada além de ser vítima dos invasores, pois eles também estão cientes desse tipo de senha fraca. Portanto, seja meticuloso com a senha que você definiu.

Você também pode usar um método de autenticação de dois fatores para proteger seu processo de login. Para aproveitar esse método, o usuário precisa verificar o logon com um segundo dispositivo.

Limite suas tentativas de login ou, em outras palavras, coloque um limite nas tentativas de login, pois isso restringirá as tentativas erradas de um usuário e impedirá que ele faça uma tentativa de login de força bruta.

Confira também!

Outro método eficaz que você pode utilizar é adicionar um captcha. É um método muito comum aplicado pelos proprietários de sites para tornar seus sites seguros. Esse método solicita que o usuário digite caracteres alfanuméricos e verifica o usuário como uma pessoa viva.

Por último, mas não menos importante, é um recurso de login automático que é um método de segurança de site bastante útil. Geralmente, você deve sair da sua conta depois de concluir sua tarefa. Mas se você esquecer de sair, a conta pode sair automaticamente se você adicionar o recurso de logout automático depois de sair da conta.

Mantenha a versão, os temas e os plugins do WordPress sempre atualizados

Existem muitas pessoas que continuam usando versões desatualizadas do WordPress e não se incomodam em atualizar. Eles fazem isso pensando que a atualização da versão existente criará desvantagens adicionais, como quebra de site, desaparecimento de modificações principais, disfunção de certos plugins, etc.

Na verdade, essa não é a maneira correta de pensar, pois os sites quebram principalmente devido aos bugs contidos nas versões mais antigas do WordPress. Em segundo lugar, as principais modificações não são recomendadas pelos especialistas do WordPress e pela equipe de desenvolvedores devido aos riscos prováveis.

Além disso, quando você atualiza sua versão do WordPress, ela inclui patches de segurança obrigatórios e funcionalidades complementares necessárias para executar os plugins mais recentes. Da mesma forma, você também deve atualizar seu tema e plugin existentes. Tema e plug-in atualizados protegem seu site contra vulnerabilidades, bugs e possíveis violações de segurança.

Na verdade, sempre seja cauteloso para instalar os plugins e temas confiáveis. As categorias em destaque e populares do repositório WordPress podem ser o melhor lugar para começar. O ElementsKit é um dos plugins WordPress com melhor classificação que posso nomear que passam por atualizações regulares.

Disponibilidade do serviço de hospedagem segura do WordPress

A empresa de hospedagem que você escolhe para o seu site WordPress desempenha um papel crucial na segurança do seu site. Na verdade, a primeira barreira que os hackers precisam romper para acessar seu site é o seu provedor de serviços de hospedagem. Portanto, não hesite em investir em uma empresa de hospedagem que garanta a segurança infalível do seu site.

As medidas de segurança incluem suporte para as versões mais recentes do PHP, Apache, MySQL e Firewall. Além disso, deve haver monitoramento de segurança 24 horas por dia, 7 dias por semana, para evitar atividades suspeitas antecipadamente. Além disso, certifique-se de que a empresa de hospedagem oferece conexão SFTP ou SSH em vez de conexão FTP.

Uma boa empresa de hospedagem também deve ter um sistema de recuperação de desastres pronto para implantar no caso de um acidente repentino para proteger seus dados valiosos.

Mantenha sempre um backup do seu site

O backup do site é algo que você nunca pode substituir. Você pode tomar todas as medidas de segurança necessárias, mas ainda assim é normal perder dados do site. Existem inúmeros exemplos de sites altamente protegidos sendo invadidos e, em seguida, roubados de dados. Portanto, você também pode encontrar um incidente desse tipo e, portanto, deve tomar precauções.

A melhor medida que você pode tomar é fazer backup das informações do seu site em um local externo. Isso permitirá que você restaure seu site sempre que desejar, sem problemas. Existem várias maneiras de fazer backup do seu site, incluindo download de arquivos e banco de dados, implantação de ferramentas do provedor de hospedagem e instalação de plugins de backup do WordPress.

Você também pode agendar o backup automático do seu site em intervalos regulares. Para a maioria dos sites, executar backup semanal ou mensal é perfeito, a menos que seja uma organização enorme. No entanto, não se esqueça de excluir os backups assim que um novo for feito, pois eles ocupam espaço em sua unidade.

Para mais segurança no WordPress Instale um firewall

Um firewall é algo que fica entre sua rede e as outras redes, impedindo o tráfego não autorizado de fora. A especialidade do Firewall é manter atividades maliciosas fora de sua rede, eliminando a conexão direta entre sua rede e outras redes.

Há uma série de benefícios da instalação de firewalls. Você pode configurar regras como quem pode acessar seu site e quem deve ser bloqueado. Ele também monitora e controla o tráfego de rede, como você pode bloquear usuários, IPs e até mesmo um país inteiro que foi colocado na lista negra ou tentou prejudicá-lo no passado.

Ativar HTTPS/SSL

Mesmo que você não saiba o significado de https, você deve pelo menos estar familiarizado com o termo, pois geralmente aparece no URL. Se o seu site estiver habilitado para SSL, o URL do seu site aparecerá com https em vez de http. Se um usuário anotar “https” na frente do URL de qualquer site, isso significa que seu navegador está estabelecendo uma conexão segura com o servidor de hospedagem e, portanto, com seu site.

Ativar o SSL é vital para sites de comércio eletrônico e outros que lidam com dados confidenciais, como informações de cartão de crédito. SSL é um protocolo que torna difícil para qualquer pessoa extrair informações confidenciais do seu site. O SSL também é útil em redes públicas e também quando muitas pessoas tentam fazer login no seu site.

Com https e SSL ativados, as informações entre um navegador e um site são criptografadas. E a criptografia de dados de tráfego não apenas protege seu site, mas também agiliza a classificação do seu site no mecanismo de pesquisa. Importante mencionar que o Google Chrome mostra todos os sites sem “https” como não seguros na barra do navegador.

Bloquear todos os tipos de Hotlinking

O termo hotlinking pode ser novo para muitos de vocês. Deixe-me esclarecer o conceito de hotlinking. Digamos que você localize uma imagem em um site específico. Agora, se você passar a exibir esta imagem em seu site, através da url da imagem, você está apenas fazendo um hotlink para a imagem. Qual é o problema nele?

Existem 2 problemas principais no hotlinking. Em primeiro lugar, é ilegal mostrar o recurso de outra pessoa em seu site. Em outras palavras, nada mais é do que roubar a propriedade de outra pessoa. Mesmo que você tenha permissão, o hotlinking não é um trabalho lucrativo.

Isso ocorre porque quando você compartilha uma imagem de outro site em seu site, o conteúdo é hospedado nesse site. Então, quando as pessoas visitam o site linkando para o seu conteúdo, ele consome sua largura de banda. Felizmente, existem maneiras de evitar esses hotlinks, como você pode usar um plug-in de segurança, um CDN, um cliente FTP e configurações do painel de controle.

Desabilite a listagem de diretórios com .htaccess:

A listagem de diretórios é outra maneira de divulgar seus dados. Se você criar um novo diretório do seu site, mas não adicionar um arquivo index.html nele, seus visitantes poderão ter acesso a tudo no diretório. Por exemplo, se você tiver um diretório chamado “details”, ele pode ser acessado simplesmente digitando- http://www.example.com/details . Você não precisa de nenhuma senha para acessá-lo.

Mas você pode impedir o acesso adicionando um código ao seu arquivo .htaccess – Options All -Indexes. .o arquivo htaccess, além de garantir que os links do seu site funcionem corretamente, também protege o site. Ele bloqueia o acesso de IPs específicos ou desativa a execução do PHP em pastas específicas.

Mas antes de fazer qualquer ajuste, não se esqueça de fazer backup de seus arquivos .htaccess antigos para que você possa restaurar seu site caso ocorra algum acidente.

Proteja seu arquivo wp-config.php, wp-admin e página de login

Os hackers tendem a solicitar uma pasta wp-admin e uma página de login. Isso permite que eles tentem todos os seus truques e técnicas de hackers. Mas você pode abortar suas tentativas malignas apenas adicionando um nível de segurança extra. O que você pode fazer é definir uma senha adicional no nível do servidor e proteger sua área de administração, independentemente de seu site estar no servidor Apache ou NGINX.

Outro arquivo que você deve proteger é o arquivo wp-config.php. É um arquivo muito importante do seu site WordPress e contém informações valiosas sobre sua instalação do WordPress. Se algo de errado acontecer com este arquivo, seu blog pode ser gravemente afetado.

Você pode aplicar um truque simples para proteger o arquivo wp-config.php. O que você pode fazer é mover o arquivo wp-config.php um passo acima do diretório raiz do WordPress. Dessa forma, você pode proteger bem o arquivo dos hackers, pois eles não poderão localizá-lo facilmente.

Não ignore a verificação regular para verificar malware

Por último, mas não menos importante, você deve se concentrar na verificação regular de malware. Você pode ter sido cauteloso antes de instalar qualquer plugin ou tema em seu site. Mas isso não certifica que seu site está livre de todos os tipos de vírus, spyware e ransomware. Somos seres humanos e propensos a estragar as coisas ocasionalmente.

Portanto, você deve utilizar verificadores de segurança do site e fazer verificações periódicas. Felizmente, muitos plugins de segurança estão disponíveis à sua disposição para executar as verificações. Não é à toa que esses scanners só podem verificar seu site e não o limparão se um malware for encontrado. No entanto, limpar seu site é uma tarefa completamente diferente.

Conclusão

A segurança de um site é uma grande preocupação hoje em dia. Os cibercriminosos estão ativos 24 horas por dia, 7 dias por semana, para roubar suas credenciais e objetos de valor. E para isso, desenvolvem truques e procuram brechas. Mantenha e proteja seu site WordPress para ser mais esperto que eles.

Apenas a verificação nominal de segurança do site não ajudará na prevenção de ataques cibernéticos. Você precisa criar etapas de segurança de sites comprovadas e concretas. Isto é exatamente o que eu listei neste write-up. Passe por cada uma das dicas de segurança do WordPress, compreenda os detalhes técnicos e execute-os finalmente. Tenha certeza depois disso sobre a segurança do seu site em grande medida.

Todas as dicas acima são úteis para manter seu site WordPress seguro. Seguir alguns deles pode ser um pouco complexo, mas alguns deles são moleza, como usar a versão, temas e plugins atualizados do WordPress. Um plugin que mencionei acima. Outro plugin que passa por atualizações regulares é o ShopEngine, um construtor tudo em um WooCommerce.

Siga-nos no Instagram, lá também damos dicas diariamente!

Cadastre-se para receber nossos conteúdos!