O UX no SEO: confira duas importantes razões

Acredite, o sucesso do seu trabalho como SEO depende do UX (User Experience) do seu site. Vamos apresentar neste artigo dois elementos do UX que são relevantes para um bom trabalho SEO.

Os SEOs estão sempre vasculhando a Internet, tentando encontrar novas maneiras de otimizar sites para o Google e outros mecanismos de pesquisa. Sejam dicas para melhorar a velocidade da página ou novas palavras-chave para segmentar, o trabalho de um SEO parece não ter fim.

No entanto, em vez de buscar novos visitantes para aumentar o tráfego do site, a chave para o desempenho da pesquisa pode ser encontrada fora do marketing dos mecanismos de pesquisa.

Visualize rapidamente o processo de conversão bem-sucedida de uma pesquisa no Google:

1 –  O usuário digita sua consulta no Google.

2 –  O Google gera uma SERP com base em sua percepção do tipo de conteúdo que esse usuário está procurando.

3 –  O usuário analisa os metadados exibidos no SERP e seleciona o link que provavelmente resolverá suas necessidades.

4 – Este é o momento em que o usuário decide se deve ou não sair ou permanecer no site para encontrar as informações ou a solução que procurou.

5 – O novo visitante rapidamente se conecta e confia no site em que está. Eles encontraram instantaneamente as informações ou produtos que procuravam ou podem navegar facilmente para realizar uma compra ou agendar uma reunião.

O passo quatro não apenas ilustra um momento crucial para os SEOs, mas também para o Google. Se um usuário de pesquisa clicar constantemente em sites que são de carregamento lento, difíceis de navegar ou totalmente irrelevantes para suas necessidades, eles mudarão para um mecanismo de pesquisa diferente.

Em suma, o Google quer agradar seus usuários por sites de alta classificação que são amigáveis ​​aos desejos dos usuários.

Ao mudar sua mentalidade de “como posso quebrar o algoritmo do Google?” para “como posso agradar o Google e seus usuários?”, você cria um foco melhor no envolvimento, em vez de simplesmente adquirir volume de pesquisa.

Essencialmente, o sucesso de sua pesquisa depende do UX do seu site. Dois elementos do UX são relevantes para o SEO.

1. Dê aos usuários uma experiência envolvente

Coloque-se no lugar dos pesquisadores. O que você procura quando procura algo no Google? Provavelmente são essas três coisas:

  • Velocidade de carregamento rápida
  • Web design apropriado para o seguimento no qual o site está inserido
  • Informações apresentadas claramente

Portanto, enquanto você estuda análises de métricas como tempo no site e taxa de rejeição, entenda que o contexto dessas métricas é importante.

Por que os usuários permanecem por aí?

É porque eles estão realmente envolvidos com seu site ou porque estão tendo problemas para encontrar o que estão procurando?

Você pode utilizar os serviços de mapeamento de calor para entender melhor como os usuários estão realmente interagindo com seu site.

Serviços como Full Story, Looker, Hotjar, Crazy Egg, Lucky Orange e Optimizely.

O foco na experiência do usuário pode ajudar a aumentar o tráfego; De acordo com uma postagem no blog Think With Google, o 1-800-Got-Junk diminuiu o tempo de carregamento em 28% e recebeu um aumento de 19% nas sessões para celular.

Ao estabelecer uma primeira impressão forte, você tem a melhor chance de fazer uma conversão pela primeira vez ou, pelo menos, uma chance melhor de uma visita de retorno para os usuários.

Como você pode tornar seu site mais atraente?

Com base no seu setor e na intenção da página, seu design e layout devem criar uma experiência para os usuários que se sente imersiva, natural e sem atritos. Isso significa que:

  • Suas chamadas são claras, mas não muito chamativas.
  • Seu design (de cores e imagens à escolha da fonte) deve comandar o foco do usuário.
  • Otimização da velocidade em computadores e dispositivos móveis

Depois de chamar a atenção do leitor, apresente conteúdo atraente e relevante.

2. Concentre-se no contexto do seu conteúdo

Passar pelo trabalho de encontrar palavras-chave relevantes e criar conteúdo atraente que pareça ótimo é apenas metade da batalha. A outra metade da equação de SEO é a intenção de pesquisa. Digamos que você seja uma marca de comércio eletrônico criando uma página de produto. Está bem claro qual é o seu CTA – “Compre Agora”. Ao focar o design desta página nos pesquisadores que estão prontos para compra, você garante que o Google e seus usuários terão prazer em ter seu site no topo dos SERPs.

Da mesma forma, se você estiver criando uma página mais informativa focada em educar os espectadores sobre insights, notícias ou perguntas frequentes sobre o setor, incluindo a retórica de vendas, você só estará preparado para falhas depois que os visitantes forem enviados para uma página que não oferece suporte a uma compra.

Conteúdos Interessantes

Crie uma página de suporte que venda sua empresa como um guia para as necessidades deles. A idéia é criar uma história que torne seu cliente o herói e faça de você o guia para resolver a necessidade deles. Você deseja criar uma história da qual as pessoas querem fazer parte. Explique quem você é e como atenderá às necessidades do cliente.

Fazer esse tipo de conexão com seu cliente é um grande impacto no seu funil de vendas. Um estudo recente da Harvard Business Review mostra como o conteúdo emocional pode afetar seus resultados. De fato, de acordo com a HBR, um varejista até teve um “aumento de 50% na taxa de crescimento de vendas nas mesmas lojas” com estas implementações de UX com SEO.

Alguns ótimos exemplos de conteúdo de qualidade “StoryBrand” incluem:

  • Soul Cycle
  • GoPro
  • Um Bilhão de Viagem da Uber

Essas marcas explicam uma história na qual o usuário se torna o “Herói” da história. A GoPro, por exemplo, oferece ao cliente a experiência de registrar seus momentos aproveitando a vida, tornando a Gopro o “guia” para ajudar os clientes a se lembrarem de suas aventuras.

Até o Google testou isso em sua call to action de varejo, consolidando seu conteúdo e recebendo um aumento de tráfego orgânico em 64%. O conteúdo de qualidade é apenas parte da experiência do usuário, mas pode criar um impacto nos seus negócios quando eles se tornam “menos egoístas” e mais sobre o cliente.

Quanto melhor o desempenho do seu site em termos de relevância e engajamento, mais felizes os visitantes ficarão. No final das contas, o Google também procura agradar aos usuários.

Conclusão

As práticas recomendadas dos mecanismos de pesquisa ajudarão a colocar seu site no radar do Google. No entanto, o que o diferencia dos demais concorrentes nos SERPs é o seu compromisso de fornecer um site hiper-relevante e de alta qualidade aos pesquisadores.

Uma ênfase no UX do seu site pode ser a atualização exata do SEO do seu site.

Author avatar
Leandro Lopes
https://otimizar.me/
Empreendedor Digital a mais de 15 anos, atuando com empresas de pequeno, médio e grande porte, tive a oportunidade de participar de diversos desafios.
Nós usamos Cookies para entregar uma melhor experiência para você!